Confea/Crea e Mútua

Sociedade

Profissionais

Estudantes

Imprensa





  • Editais de licitação
  • Biblioteca e arquivo
  • Novos conselheiros falam sobre suas expectativas para o mandato

    Brasília, 11 de janeiro de 2017.

    Nesta semana, os novos conselheiros do Confea participaram de um treinamento no plenário sobre as rotinas de atividade e sobre a estrutura do Conselho. Ao longo desses dias, eles também revelaram as suas expectativas para seus mandatos.

     

    Conselheiro João Bosco de Andrade
    Conselheiro João Bosco de Andrade
    “A regulamentação e outras questões profissionais, em atendimento conjunto à sociedade, serão o nosso foco. Com a experiência de conselheiro regional, coordenador de câmara e vice-presidente do Crea-SE, além de diretor geral da Mútua por dois mandatos, é uma oportunidade ímpar representar o Estado no Conselho Federal”. 

    João Bosco de Andrade Lima Fillho
    Representante titular da Agronomia, pelo Crea-SE

     

    Conselheiro Laerte Marques
    Conselheiro Laerte Marques
    “Como ex-coordenador da Câmara de Agronomia e professor universitário, pretendemos buscar fortalecer as ações parlamentares, considerando que 193 deputados são profissionais do Sistema. Temos também que nos aproximar do MEC para debater questões como o EAD”.

    Laerte Marques da Silva
    Representante suplente da Agronomia, pelo Crea-SE

     

    Conselheiro Ricardo Augusto Mello
    Conselheiro Ricardo Augusto Mello
    “Queremos lutar pela digitalização do processo eleitoral e pela federalização do plenário do Confea. As eleições precisam ter a participação de mais profissionais. Com isso, procuraremos aperfeiçoar nossa credibilidade institucional. Há 30 anos não havia representantes da Civil do Acre. Também debateremos os sombreamentos com outros conselhos”.

    Ricardo Augusto Mello de Araújo
    Representante titular da Civil, pelo Crea-AC

     

    Conselheiro Márcio Henrique Rodrigues
    Conselheiro Márcio Henrique Rodrigues
    “Nossas principais demandas estão relacionadas aos processos eleitorais, que precisa ter seu processo eletrônico. No âmbito profissional, buscaremos a valorização, por meio do incentivo às capacitações e da atuação no campo de trabalho. Também atuaremos junto aos parlamentares”.

    Márcio Henrique Rodrigues de Oliveira
    Representante suplente da Civil, pelo Crea-AC

     

    Conselheiro Zerisson de Oliveira Neto
    Conselheiro Zerisson de Oliveira Neto
    "Conheci o Sistema na minha tercera formação [é engenheiro civil, de segurança do trabalho e de produção e mecânico], durante a Soea de Fortaleza [em 2015]. Lá encontrei um amigo 'de rua', o Pedro Lopes, que na ocasião era diretor-presidente do Crea-Júnior de Alagoas. A partir de então, passei a integrar o Crea-Júnior e me aproximei do Sistema Confea/Crea. Aqui no Plenário Federal, quero representar a turma jovem".

    Zerisson de Oliveira Neto
    Representante titular da Industrial, pelo Crea-AL

     

    Conselheiro Oswaldo de Araújo
    Conselheiro Oswaldo de Araújo
    “Em nosso plano de trabalho, definimos a intensificação da fiscalização junto a profissionais e empresas, além de defender as demandas dos profissionais com menor representatividade como nossos principais objetivos. Precisamos flexibilizar exigências como a responsável técnico, em alguns casos específicos”.

    Oswaldo de Araújo Costa Filho
    Representante suplente da Industrial, pelo Crea-AL


    Conselheiro Laércio Aires
    Conselheiro Laércio Aires
    "Não trouxe nenhum projeto pronto. Quero desenvolvê-lo junto com os profissionais e demais representantes para predispor o Sistema à sociedade, de acordo com os objetivos regimentais e legais do Confea. Vamos nos adequar a isso, em prol do crescimento do Sistema".

    Laércio Aires dos Santos
    Representante titular da Agronia, pelo Crea-AP

     

    Conselheiro Osmar Barros Júnior
    Conselheiro Osmar Barros Júnior
    "A expectativa é de continuar promovendo a aproximação do Sistema Confea/Crea com a o sistema educacional. Espero poder continuar contribuindo com a Ceap. Podemos enumerar pontos como a revisão da Resolução 473 e a discussão da Educação a Distância, que certamente nos darão muito trabalho ao longo deste mandato".

    Osmar Barros Júnior
    Representante titular das Instituições de Ensino – Engenharia

     

    Conselheiro José Chacon de Assis
    Conselheiro José Chacon de Assis
    "Fui presidente do Crea-RJ por dois mandatos (1997-2002), passando pelo plenário regional por seis mandatos, mas nunca tive uma atuação muito próxima ao Confea. Meu foco sempre foi mais regional. Meu lema é 'emprego, regulamentação e democracia', e defendo propostas pontuais, como atenção ao salário mínimo profissional, defesa da participação dos técnicos no Sistema e posicionamento contra a entrada de empresas estrangeiras no país. Não podemos ficar alienados quanto às questões sociopolíticas, o Sistema tem que responder seriamente à crise política do Brasil".

    José Chacon de Assis
    Representante titular da Elétrica, pelo Crea-RJ

     

    Conselheiro Jorge Bittencourt
    Conselheiro Jorge Bittencourt
    "Pretendo trabalhar com a Ceap e com outras áreas para que não tenhamos mais uma formação do século XX, com uma estrutura acadêmica que não é voltada para o mercado de trabalho. Também buscaremos promover a valorização profissional, no momento em que o Estado do Rio perde investimentos nas áreas petrolífera, automotiva e farmacêutica".

    Jorge Luiz Bittencourt da Rocha
    Representante suplente da Elétrica, pelo Crea-RJ

     


    Enviar para amigo

    Notícias

    Busca

    Texto:

    Data inicial:

    / /

    Data final:

    / /


    SEPN 508 - Bloco A,
    Ed. Confea - Engenheiro Francisco Saturnino de Brito Filho
    CEP: 70.740-541 - Brasília, DF
    Telefone Geral: (61) 2105-3700

    Quem é quem | Politica de privacidade | Todos os direitos reservados