Apagão no Amapá: conselheiros federais realizarão diligência in loco

Brasília, 20 de novembro de 2020

Nova comissão técnica temporária do Confea, criada nesta sexta-feira, coletará informações e auxiliará na elucidação dos fatos que levaram à interrupção do fornecimento de energia elétrica no Amapá. É o que aprovaram, por unanimidade, os conselheiros federais de Engenharia e Agronomia durante Sessão Plenária.

Conselheiro federal eng. eletric. Daniel Sobrinho

Primeira ação do grupo, o conselheiro federal eng. eletric. Daniel Sobrinho, acompanhado dos conselheiros que representam o estado do Amapá - eng. ftal Laércio Aires dos Santos e eng. ftal. Edmar da Silva Lopes Filho -, realizará diligência no estado na próxima semana. De acordo com Sobrinho, o foco da análise será a verificação se houve infrações ao Código de Ética profissional. “O Confea, como órgão de fiscalização profissional, não pode se furtar de participar dessa averiguação”, disse.

Mais fotos no Facebook do Confea

Coordenada por Sobrinho, a comissão será composta, além de Aires dos Santos e Lopes Filho, pelos conselheiros federais eng. eletric. José Miguel de Melo Lima e eng. agr. Annibal Margon (coordenador da Comissão de Ética e Exercício Profissional). Representantes do Crea-AP serão convidados para participar da fase de diligência. 

No último dia 3 de novembro, 13 dos 16 municípios amapaenses tiveram seu fornecimento de energia elétrica interrompido após forte chuva e explosão seguida de incêndio em relevante subestação do estado. No dia 5, o prefeito de Macapá, Clécio Luís, decretou estado de calamidade pública na capital. 

Beatriz Craveiro
Equipe de Comunicação do Confea
Fotos: Tauan Alencar

Leia Mais:

Confea ratifica posicionamento contra privatização do setor elétrico